Área Externa - Iluminação

Além de dar o acabamento a qualquer projeto arquitetônico, a iluminação do exterior é fundamental para a orientação e segurança. Se feita corretamente, ela também torna o ambiente aconchegante e acolhedor.

 

Os tipos de iluminação mais utilizados nas áreas externas são as arandelas, os postes, refletores, espetos para jardins, tartarugas, tochas e os balizadores.

 

As lâmpadas mais utilizadas são aquelas que se adaptam melhor ao restante do ambiente. A PAR 38 é perfeita para a vegetação de grande porte e a PAR 20, para a vegetação de pequeno porte. Vale lembrar das lâmpadas de LED, que apesar de exigirem um investimento inicial maior, elas são muito mais econômicas, sendo assim, o investimento se paga e acaba sendo muito mais vantajoso a longo prazo. Além disso, elas não esquentam, anulando o risco de queimar as plantas.

 

Outro fator bem importante que vale a pena investir, são os produtos com proteção IP (do inglês Ingress Protection Rate), que significa proteção contra infiltração, tanto de objetos sólidos, como a própria mão, dedo, poeira, contato acidental, como também de infiltrações de materiais líquidos. Ele sempre possuirá dois números, por exemplo,  “IP20”,  o primeiro designa proteção contra objetos sólidos e o segundo, proteção contra líquidos. Sendo o primeiro podendo chegar até 6 e o segundo até 8. Quanto mais alta sua numeração, maior o grau de proteção.

 

Os balizadores, como já diz o nome, servem para indicar ou realçar caminhos e paredes. São perfeitos para iluminar escadas, por exemplo.

 

Já no quesito segurança, os mini postes que refletem a claridade diretamente no piso são ideais. Na cor branca ficam ótimos colocados sobre pisos claros ou pedrinhas. E sobre grama, decks de madeira e pisos escuros, os pretos combinam mais.

 

Uma tendência que está super em alta e encontramos para comprar em qualquer loja de materiais de construção ou de produtos para casa, são as lanternas. Dos mais variados tipos e tamanhos, elas trazem sofisticação ao ambiente. Porém, como são acesas através de velas e convenhamos que não são tão práticas assim, o melhor é deixar para usá-las mais eventualmente, em eventos para receber amigos e família.

 

 

 

 

 

 

 

 

 


Autor: Casa da mãe joana - Publicado em: 04/11/2016 18:02:00

Ver Todas Notícias

Comentários